Blog

Iluminação Pública

A luz faz parte das nossas vidas em todos os momentos: em ambientes pessoais, profissionais e de convívio público. Nós temos alguns conteúdos falandos sobre luz em diversos lugares e situações, mas e a iluminação pública? Você sabe o que faz parte dela?

Ela integra o cenário da cidade, enquadrando ruas e avenidas, praças, jardins públicos, fachadas, túneis e até monumentos.

E sua função é entregar boa  visibilidade ao exterior urbano, sobretudo durante a noite, podendo ter várias formas de utilização, por exemplo, iluminar uma avenida dando segurança aos motoristas e pedestres ao previnir acidentes ou como iluminação de destaque ajudando a criar pontos de luz valorizando monumentos históricos.

A iluminação pública é responsabilidade dos municípios, esta informação é esclarecida pela legislação brasileira. As taxas que são cobradas para manutenção desse serviço estão inclusas na conta de luz. Portanto, todo projeto de iluminação pública englobando instalação, operação e manutenção são gerenciados pela prefeitura.

Cada ambiente pública deve possuir um projeto luminotécnico próprio, pois demandam iluminações diferentes. Ruas, rodovias e estradas necessitam de sinalização e atenção dos motoristas, já monumentos e lugares históricos pedem por uma iluminação focada, que destaque seus elementos. E para auxílio de um estudo luminotécnico é utilizado a NBR5101, norma que contém todas as diretrizes para uma iluminação assertiva e segura.

Um projeto que algumas cidades como Belo Horizonte e São Paulo começaram a implanter é a telegestão, o gerenciamento remoto de luminárias LED.

A telegestão permite que o operador saiba a localização de cada ponto de luz e recebe informações de desempenho e falha, facilitando a manutenção da rede. Além desse controle, é possível programar varreduras para coleta de dados para uma análise mais ampla e profunda do funcionamento das lâmpadas, permitindo melhor controle nos gastos com a iluminação pública.

De forma geral, a telegestão funciona como uma antena enviando informações sobre os pontos de luz ao software e o operador também pode dar ordens remotamente através do sistema.

Portanto, a iluminação pública é muito mais do que apenas postes nas ruas, ela inclui projetos luminotécnicos para que fique ainda mais eficiente e econômica, diminuindo o impacto nas contas de luz.

16/09/2021

RECEBA NOSSAS NOVIDADES